6 Dicas Para Melhorar o Desempenho Sexual

Vamos conversar sobre sexo? O dia a dia, as preocupações, os momentos de stress e o cansaço físico costumam fazer com que negligenciemos os momentos de prazer. 

E quando falamos da saúde sexual do homem a questão fica ainda pior, já que os homens não têm o hábito de procurar ajuda médica preventiva. 

Muitas delas só consultam o urologista quando percebem um problema que interfere na vida sexual, que pode ser disfunção erétil, curvatura peniana ou problemas na próstata.

É verdade que ainda existem muitos tabus em relação à saúde sexual masculina, por isso ofereço aqui um espaço neutro onde você pode aprender e tirar suas dúvidas de forma amigável, sincera e discreta.

Manter uma vida sexual ativa e saudável pode impactar diretamente sua vida diária, melhorar a autoestima, a qualidade do sono, sentir-se mais feliz, aliviar a depressão, ajudá-lo a perder peso e muitos outros benefícios. Estudos recentes da revista científica European Urology também afirmam que reduz o risco de câncer de próstata.

Sabemos que existem muitos mitos e verdades sobre sexo e, para ajudá-lo a dar o primeiro passo para uma vida sexual satisfatória, selecionei algumas dicas para melhorar seu desempenho, apimentar o relacionamento e prepará-lo bem. Então vamos começar?

Mas antes de começar eu gostaria de te avisar que hoje já existem vários estimulantes naturais que ajuda a melhorar o desempenho, e o Erosept é um dos estimulantes mais famosos na Itália.

1) Cuide da higiene do seu pênis

Eu sei que seu amigo lá embaixo está sempre com você e ninguém gosta de uma companhia suja ou fedorenta, certo? 

A higiene correta das partes íntimas previne infecções e ajuda a despertar o desejo sexual, afinal um pênis limpo e cheiroso será sempre mais atraente. Usar preservativo também é importante para evitar doenças que podem atrapalhar ou mesmo impedir a intimidade.

O ponto principal é avaliar constantemente o seu companheiro inseparável. Se você notar algo incomum, como feridas, bolhas, secreção ou queimação ao urinar, procure um urologista.

2) Faça exames de sangue periodicamente

Fazer exames de sangue anualmente é importante para verificar e manter os níveis hormonais controlados e atualizados.

Além de indicar possíveis problemas que podem influenciar sua prática sexual, o exame periódico também auxilia na prevenção do câncer de próstata.

3) Malhar

Além de dar mais fôlego à relação sexual e evitar dores musculares, exercícios como agachamento, abdominais e alongamento contribuem para o fortalecimento dos músculos.

A prática de atividade física constante mantém seu metabolismo sempre funcionando, para que seja produzida a quantidade necessária de hormônios sexuais, contribuindo positivamente para seu desempenho.

Evite manter hábitos pouco saudáveis, como estilo de vida sedentário, tabagismo e consumo excessivo de álcool. Eles podem danificar seu sistema cardíaco e causar problemas orgânicos que refletirão diretamente nas funções sexuais.

4) Preste atenção em seus hábitos alimentares

O que você come diz muito sobre você e sua saúde. A falta de nutrientes importantes pode levar à má produção de alguns neurotransmissores relacionados ao prazer e bem-estar, prejudicando seu desempenho sexual e até mesmo a fertilidade. Portanto, vale a pena investir em alimentos que ajudem na ereção. 

A vitamina B3, presente no amendoim, auxilia na vasodilatação do sangue e melhora a circulação na região do órgão sexual. O ovo é rico em vitamina E e participa da produção dos hormônios sexuais, o que contribui para o aumento da libido e do apetite sexual.

 Existem também algumas especiarias conhecidas por serem afrodisíacas, como pimenta, ginseng e canela. Eles beneficiam a circulação e podem afetar positivamente a ereção.

Por outro lado, evitar alimentos muito gordurosos ou açucarados ajuda a prevenir o aparecimento de colesterol, aumento de triglicerídeos e glicemia, que a longo prazo podem levar à disfunção erétil.


5) Verifique a curvatura do seu pênis

Cuidar da saúde sexual masculina também significa cuidar da anatomia do pênis. Problemas de curvatura peniana, como Curvatura Congênita ou Doença de Peyronie , podem prejudicar o desempenho sexual de um homem e muitas vezes perturbar sua parceira também. Seja por problema de ereção, impossibilidade ou dificuldade de penetração, o pênis dobrado deve ser tratado para garantir uma vida sexual saudável.

Saiba mais sobre os tratamentos para resolver a curvatura peniana . Se durante o sexo você sente dor, causa dor em seu parceiro, não consegue penetrar por um longo tempo ou precisa se limitar a certas posições, você pode ter um problema com a tortuosidade de seu pênis. Que tal nos contatar para pré-avaliar seu caso ? O acompanhamento de um especialista é fundamental para a correta correção.


6) Sinta-se bem consigo mesmo

Tão importante quanto os aspectos físicos e hormonais são suas questões psicológicas. Conhecer bem o seu corpo, garantir um bom sono, compreender os seus desejos e cuidar da saúde são pontos essenciais para o seu bem-estar mental. A autoconfiança é um afrodisíaco que contribui para a qualidade da ereção e desempenho na cama.

Agora que você já sabe como cuidar da sua saúde sexual, o que acha de aprender mais sobre como cuidar do seu melhor amigo, que não é o seu cachorro?

Em nosso blog você encontrará informações essenciais sobre curvatura peniana, doença de Peyronie, disfunção erétil, prótese peniana entre muitas outras que o ajudarão a conhecer melhor seu corpo e a manter sua vida sexual atualizada. Inscreva-se e receba nossas dicas e orientações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *